Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios
   
 

Titulo : Formação “Controlo Interno & Gestão Riscos na Atividade Gestão OIC – Conceitos Gerais" - 2.ª edição
Data : 15-12-2021
Hora: : 14:00
 

Formação “Controlo Interno & Gestão de Riscos no âmbito da Atividade de Gestão de OIC – Conceitos Gerais"

Data: 15 de Dezembro de 2021

Horário: Das 14h00 às 18h00

Duração: 4H

Local: Online (Zoom)

Formador: BDO Consulting

Destinatários:
Administradores, Diretores, Titulares de Funções Essenciais e Quadros Técnicos de Entidades Gestoras de Organismos de Investimento Coletivo, com a perspetiva de atualização e consolidação dos seus conhecimentos nos temas que integram o programa formativo, ou de aquisição no caso de profissionais em início de funções no contexto das referidas entidades.

Objectivos Gerais:
Com a presente formação pretende proporcionar uma visão geral sobre a temática do Sistema do Controlo Interno & Gestão de Riscos, no contexto da atividade de uma Entidade Gestora de Organismos de Investimento Coletivo (Fundos de Investimento Mobiliário e Imobiliário), procurando contribuir para a atualização e consolidação de conhecimentos chave sobre estas matérias, bem como para uma maior sensibilização e melhor domínio das mesmas no exercício das funções profissionais dos Formandos.

Objetivos Específicos:
Com esta Formação pretende-se dotar os Formandos de conhecimentos que lhes permitam, entre outros, alcançar os seguintes objetivos:
• Apreender o enquadramento regulamentar do Controlo Interno e Gestão de Riscos das Entidades Gestoras;
• Reconhecer os princípios base do Controlo Interno;
• Identificar o papel de cada Função de Controlo Interno;
• Apreender as linhas gerais do Framework COSO, e sua aplicação na organização.
 

Conteúdos Programáticos:

1.Enquadramento do Módulo
2.Introdução ao Sistema de Controlo Interno
3.Funções de Controlo Interno
4.Sistema de Governo
5.Frameworks Gestão de Risco

Metodologia de Formação:

Atendendo à situação de pandemia atualmente vivida e às recomendações das autoridades públicas, a Formação em apreço adotará o formato à distância. Para o efeito, utilizar-se-á recursos tecnológicos síncronos, a fim de permitir a interação entre todos os participantes, em tempo real, de forma a assemelhar-se, o mais possível, ao formato presencial.
Esta Formação terá por base métodos que privilegiem o envolvimento ativo dos Formandos, combinando a teoria dos fundamentos, princípios e conceitos base com a análise de alguns casos práticos de modo a facilitar a compreensão das matérias abordadas.
Assim, orientar-se-á a formação, tendo por base: (i) aa utilização de apresentações em powerpoint apoiadas, sempre que necessário, com documentação em suporte digital; (ii) o debate dos temas, procurando a participação dos formandos; e (iii) a apresentação de casos práticos, sempre que necessário e aplicável.

A frequência na formação poderá assumir as seguintes duas modalidades:
a) Frequência sem avaliação final de conhecimentos; ou
b) Frequência com avaliação final de conhecimentos.

A “Frequência sem avaliação final de conhecimentos” dará direito à emissão de um “Certificado de Frequência”, se se registar uma assiduidade mínima de 100% sobre a duração global da Formação, admitindo-se uma tolerância de 10 minutos.

No caso específico da “Frequência com avaliação final de conhecimentos”, após a conclusão da formação será realizado um exame final.
Para a obtenção da Certificação de Aprovação é necessário, para além da assiduidade mínima anteriormente referenciada, que a nota do exame seja igual ou superior a 70% (em consonância com os requisitos definidos no Regulamento da CMVM n.º 3/2018, que define os conteúdos mínimos a dominar pelos colaboradores, de intermediários financeiros, que prestam serviços de consultoria para investimento, de gestão de carteiras por conta de outrem ou dão informações a investidores sobre produtos financeiros e serviços de investimento, principais ou auxiliares, assim como pelos consultores autónomos, regulamentando também qualificações e aptidões profissionais a todos exigidas).

Se, na opção pelo sistema de “Frequência com avaliação final de conhecimentos”, não for obtida a classificação mínima de 70%, o Formando poderá requerer a emissão de um “Certificado de Frequência”, em termos similares aos registados para a frequência sem avaliação.

A formação terá um máximo de 20 participantes.


Inscrições:
Para mais informações sobre as condições de inscrição, contacte o Secretariado da APFIPP (Tel. 21 799 48 40 / formacao@apfipp.pt).
 

Programa Efectuar Download

Ficha de InscriçãoEfectuar Download

 

 

« voltar  
  Imprimir imprimir
   
 
PT | ENG
Autor: Marcial Fernandes

 

© 2010 APFIPP. Todos os direitos reservados - Site optimizado para IE versão 6.x ou superior
Powered by WeDo Technologies